BlogaRH

Longo caminho das mulheres no mercado corporativo

Mulheres conquistam espaços de liderança no mundo corporativo, mas caminhada rumo à igualdade ainda é longa

de Patrícia Cavalcanti em 1 de outubro de 2021

As mulheres estão ganhando espaço no mercado de trabalho nos últimos anos. Contudo, não restam dúvidas de que ainda temos muito para progredir, principalmente quando falamos em carreiras em Science, Technology, Engineering and Mathematics (STEM). As disparidades entre homens e mulheres em diversos cargos, incluindo os de liderança, são reais e, em muitos casos, não temos ações concretas por parte do mercado para trazer consciência sobre o tema. Aqui, falo de uma jornada e de estratégias que constroem, ao longo do tempo, um ambiente mais igualitário.

Mundo corporativo e pandemia

Prova de que ainda temos muito a avançar é que, durante a pandemia, a participação de mulheres no mercado de trabalho caiu 50,6%. O dado faz parte da pesquisa divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em julho do ano passado. Isso nos faz pensar que, além das dificuldades de conquistar novos cargos, a mulher é mais exposta às instabilidades geradas por momentos de crise, com baixo envolvimento das companhias para garantir um ambiente de diversidade.

Com isso, além de um cenário corporativo bastante difícil, ainda temos diversos desafios do dia a dia que dificultam ainda mais a construção de um ambiente diverso. Nesse pacote, podemos considerar falta de confiança, incentivo e visibilidade. Hoje, como parte do grupo de mulheres que alcançou um cargo de liderança, acredito que, para nós, o maior desafio é a desconfiança do próprio potencial, além de grande preocupação se será possível conciliar as mais diversas tarefas na vida profissional e pessoal.

Quando “quebramos” essa desconfiança, as oportunidades aparecem, mas, ainda assim, é necessário resiliência. Colocando na perspectiva da minha jornada, vejo que a resiliência foi a principal estratégia que usei. Isso porque, se ainda tinha que conquistar a confiança do líder de alguma área, eu me aproximava e buscava oportunidades de trabalhar junto ou evoluir com projetos nos quais meu trabalho fosse visível.

Jornada profissional: barreiras e autoconfiança

Por isso, a jornada profissional não é exatamente uma linha reta como pensamos. Isso quer dizer que às vezes precisamos fazer mais movimentos laterais do que gostaríamos, mas esses são muito importantes para consolidar e expandir conhecimentos necessários para o próximo degrau. Nesse sentido, é preciso ter em mente que, no geral, a decisão para uma promoção em cargos de liderança não depende só de uma pessoa. Todos esses stakeholders devem acreditar, acolher e orientar quem estiver buscando uma nova posição.

Eu mesma, em determinado momento da carreira, já me achava pronta para o próximo passo. No entanto, fui “barrada” por não ter a confiança de todos os stakeholders de que precisava. Mesmo com a frustração que senti, percebi a importância de conquistar a confiança dos demais e, só assim, conseguir demonstrar a todos meu potencial. Com isso, as oportunidades começaram a se abrir. 

Por isso, para as mulheres que estão entrando agora no mercado de trabalho, para aquelas que buscam um novo cargo ou oportunidade, meu principal conselho é: seja resiliente e não desista! As dificuldades de hoje já são menores que as de ontem e quanto mais persistimos mais aceleramos a jornada da igualdade. Busque empresas com valores semelhantes aos seus, mentores e pessoas de diferentes áreas para se conectar. Essa é uma boa forma de acelerarmos nosso caminho no mundo corporativo. 


Leia também

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail


Patrícia Cavalcanti

Diretora Field Service | Schneider Electric

Gerenciamento da unidade de negócios voltado para o mercado residencial. Experiência na área de marketing de produtos e gerenciamento de canais, responsável pelo gerenciamento de ofertas desde o lançamento até o fim do seu ciclo de vida: posicionamento, gerenciamento de preços, transferência de tecnologias, etc. Experiência na área comercial, elaborando política comercial, plataforma de clientes, gerenciamento local de fabricantes de máquinas globais, conversão de novos clientes. Liderança de projeto para elaboração de estratégia digital para a empresa no país Atuação em projetos seis sigma como Green Belt

-