Gestão

Pesquisa indica que só 8% das empresas faz uso total de indicadores de RH

Estudo foi realizado com 300 empresas de todas as regiões do Brasil; soluções para folha de pagamento, R&S e controle de ponto estão entre os principais facilitadores do dia a dia

de Redação em 4 de novembro de 2021
Créditos: Shutterstock

Que está cada vez mais evidente que a área de Recursos Humanos deve ser estratégica como todas as que participam de tomadas de decisões nas empresas, já é de conhecimento geral. Como fazer isso é que os gestores se questionam. E é somente com o uso de ferramentas como softwares inteligentes, people analytics, acompanhamento de dados em tempo real e automatização de processos que o RH é capaz de seguir lado a lado com as tendências, exigências e velocidade acelerada do mercado atual.  

Entretanto, esse ainda é um longo caminho a ser percorrido. É o que constatou a pesquisa HR Innovation, realizada pela catarinense Ahgora com mais de 300 empresas de todas as regiões do Brasil. De acordo com o estudo, 42% das respondentes ainda fazem um uso regular das ferramentas para a gestão de colaboradores, o que demonstra que há muito a avançar no uso da tecnologia . 

Uso dos indicadores

O levantamento também mostrou que 8% das participantes avaliam todos os indicadores de RH em sua rotina, enquanto 38% levam em conta apenas o básico. Entre os principais indicadores apontados por eles estão a avaliação de desempenho, índice de turnover e clima organizacional. Indicadores de frequência, absenteísmo, e produtividade, no entanto, não aparecem no topo dos parâmetros considerados pela área de RH, apesar de fornecerem alertas importantes para o setor.

Para Juliana Bittencourt, Gerente de Recursos Humanos da Ahgora, a análise de dados e indicadores de RH é indispensável para que a área seja assertiva nos momentos de tomada de decisão. “Seguir essas informações com regularidade ajuda a identificar gargalos, pensar em novas ações, tomar as decisões corretas e evitar erros”, afirma.  

Ferramentas de desburocratização

É possível perceber que softwares e outras ferramentas apoiam e desburocratizam cada vez mais o trabalho da área. Ao serem questionados, 70% dos entrevistados apontaram a solução de folha de pagamento como a principal facilitadora no dia a dia da função, seguida do recrutamento e seleção e controle de ponto.


Leia também:


Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail